MAPA DO SITE ACESSIBILIDADE ALTO CONTRASTE
CEFET-MG

Engenharia Ambiental e Sanitária

O curso de graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária tem por objetivo a formação de um profissional cuja atuação contempla o planejamento, caracterização ambiental e aplicação de tecnologias sustentáveis nas questões ambientais, industriais e urbanas.

Objetivos Gerais:

Formar profissionais aptos a entender a dinâmica e o comportamento dos sistemas ambientais, envolvendo as interfaces entre os meios físico, biológico e antrópico, além das suas respostas as ações modificadoras do homem;
Capacitar o egresso para o gerenciamento do uso dos recursos naturais e atuar no planejamento de processos e atividades urbanas e industriais causadoras de impacto, observando o contexto institucional e legal vigente no Brasil;
Habilitá-lo ao desenvolvimento e aplicação de tecnológicas voltadas para a análise e monitoramento do meio ambiente e mitigação de impactos ambientais.

Campos de Atuação / Perfil do egresso:
Os engenheiros ambientais têm hoje um vasto campo de atuação, tanto em empresas privadas como em empresas públicas. O curso de graduação em Engenharia Ambiental e Sanitária do CEFET-MG foi concebido, planejado e estruturado para formar um profissional que, no campo científico e tecnológico, seja capaz de realizar:

  • planejamento ambiental de obras de engenharia;
  • estudos ambientais para licenciamento de obras de engenharia; auditoria ambiental; investigação de passivos ambientais;
  • projeto de obras sanitárias (saneamento, resíduos líquido-sólidos e drenagem);
  • preservação ambiental;
  • recuperação e/ou restauração de áreas contaminadas e/ou degradadas;
  • controle e tratamento da poluição do solo, ar e água;
  • gestão ambiental na execução de obras de engenharia;
  • gestão ambiental na indústria;
  • desenvolvimento de modelos matemáticos aplicados a meio ambiente (técnicas quantitativas e qualitativas);
  • manejo de recursos naturais.

E atuar nos seguintes segmentos:

  • órgãos públicos de licenciamento e monitoramento ambiental e agências reguladoras;
  • órgãos de planejamento ambiental;
  • empresas públicas e privadas de saneamento ambiental;
  • empresas privadas de projetos de infraestrutura hídrica, de sistemas de abastecimento e tratamento de água, coleta e tratamento de águas residuárias e esgotos domésticos e resíduos sólidos e projetos de drenagem urbana;
  • implantação de sistemas de gestão integrada e gestão ambiental em indústrias;
  • empresas privadas com atuação na área de meio ambiente e saneamento, envolvendo estudos de impacto ambiental e recuperação de áreas degradadas;
  • inserção na área acadêmica, recebendo investimentos das principais entidades de fomento à pesquisa.